Sense8 – Especial de Natal

Melhor Aniversário Ever <3

Depois de um hiato que durou cerca de dois anos, a série queridinha de muitos voltou num Especial de Natal de duas horas, que sem dúvidas é um baita presente. O episódio se passa quase que diretamente no fim da primeira temporada, com os sensates: Will, Riley, Capheus, Sun, Kala, Wolfgang, Lito e Nomi. Eles estão passando por todas as consequências daquele investida contra os Sussurradores.

Outra coisa que se estabeleceu nesse começo de temporada foi o compartilhamento de habilidades e sentimentos, aprimorado em pouquíssimo tempo desde que foi descoberto. Questões sócio-culturais também são bem distribuídas, e não caem em clichês que poderiam acontecer. Tecnicamente a série melhorou bastante em relação a primeira temporada. A montagem das cenas, os cortes, a fotografia, todos foram melhorados em grande escala. E em relação ao roteiro, a série explorou mais alguns personagens que tiveram pouco tempo de tela, dando assim uma certa importância aos coadjuvantes.

É difícil contar a história do episódio sem mencionar nenhum spoiler, mas o que devo dizer é que a mesma montanha-russa de emoções que você sentiu pela primeira vez, está estampada de novo neste episódio. Risos e lágrimas engasgadas na garganta foram as principais reações que tive, durante o show que estava vendo na tela do computador

.Sense8-Especial de Natal

 

E quanto ao novo ator que interpreta Capheus, Toby Onwumere, em primeira instância não me convenceu. Lhe falta o carisma e a verdade que Aml Ameen passou nos 12 episódios da primeira temporada. Fica a nossa torcida pra que Toby encontre o tom certo para o papel.

O Especial de Natal é um verdadeiro deleite para os fãs e apreciadores da série. Se você por acaso nunca viu Sense8, por favor, essa é a hora. É uma série com conceitos tanto de ficção científica, quanto de quesito dramático e críticas sociais. A mensagem desse episódio sem dúvidas é: aproveite cada momento, e aproveite com o que você tem. Seja sozinho, com amigos ou com a família. Ser feliz não é algo que depende de outras pessoas, apenas e exclusivamente de você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *