Passageiros: de Suspense tenso a Romance previsível | Crítica do Filme

Categorias Cinema, featured

passageiros filme

Jennifer Lawrence e Chris Pratt estrelam a esperada aventura sobre dois passageiros à bordo de uma espaçonave que os transporta para uma nova vida em um novo planeta. A viagem toma uma reviravolta mortal quando suas cápsulas de hibernação os acordam misteriosamente 90 anos antes que atinjam seu destino final. Enquanto Jim e Aurora tentam desvendar o mistério por trás desse defeito, eles começam a se apaixonar um pelo outro… relação que é ameaçada pelo colapso iminente da nave e pela descoberta da verdade por trás do verdadeiro motivo pelo qual eles foram acordados.

Crítica: Passageiros

O filme Passageiros é o primeiro filme de ficção científica de 2017 e apesar de carregar dois nomes de peso em seu elenco – Jennifer Lawrence e Chris Pratt – suas atuações não foram suficientes para encarar um roteiro que não permitiu aprofundamentos dramáticos. Mas não se desanime por essa introdução um tanto pessimista, o filme não é ruim, apenas se mostrou ideal para um público diferente do público fã de scifi.

De forma moderada, misturando tensão e uma dose de alívios cômicos, somos apresentados a Jim – Chris Pratt – que toma a primeira parte do filme abrindo espaço logo depois à entrada de Aurora – Jennifer Lawrence – que como ele tem o drama da sua personagem em volta do mistério de ter acordado 90 anos antes do seu destino final. Esse é o enredo explicado na sinopse e sobre ele qualquer coisa a mais abordada aqui será spoiler, pois apesar dos trailers prometerem um mistério profundo acerca dos dois personagens, o expectador desvenda isso nos primeiros 30 minutos do filme.

passageiros filme

A partir do momento que desvendamos o motivo dos dois terem acordado antes, esperamos um plot twist intenso, algo dramático o suficiente para transformar o filme em um thriller psicológico no espaço, mas o filme acaba se resumindo ao que foi apresentado nos trailers: um romance.

Por este motivo Passageiros é um filme que apesar da ambientação espacial e futurista tem mais elementos de um drama romântico do que de uma ficção científica o que para os fãs do segundo gênero pode ser decepcionante para os fãs de romance  a obra podem ser surpreendente.

Quanto as atuações: temo dizer que os picos dramáticos da Lawrence lembravam todos os seus outros personagens em momentos de crise e o comportamento cômico do Chris Pratt nos aparentou que toda história era mais uma aventura do Senhor das Estrelas (personagem do ator em Guardiões da Galáxia)

O filme é ideal para o público que quer um entretenimento romântico nas telonas, mas não para aqueles que buscam um suspense ou uma ficção científica profunda com reflexões acerca da humanidade (característica comum nesse gênero).

Passageiros recebe a nota: 3 de 5
21 anos, fangirl tímida, bookaholic assumida. Criei o Peixinho Geek para compartilhar meu amor pela leitura, minhas experiências como universitária e minha caminhada árdua para que meu senso de moda atinja o nível Luna Lovegood .

14 ideias sobre “Passageiros: de Suspense tenso a Romance previsível | Crítica do Filme

  1. Eu curti bastante o filme, ainda que tenha entendido bem as (muitas) críticas ao que acontece logo no início e une os dois. Quanto ao romance, é bem clichê – mas isso nunca foi problema pra mim, gosto bastante haha Acho que eles poderiam ter desenvolvido mais a história e ter evitado errar nesse início, a história, acredito, teria se tornado mais fluida.

  2. Poxa, eu estava tão animada para esse filme, não que eu não curta um bom romance, mas se tem espaço, pra mim, tem que ter aquele ~algo mais~ de suspense e tals, acho que Hollywood nos acostumou mal quanto a esse assunto nos filmes xD

    Sua resenha ficou ótima, assim como seu blog, que é lindo <3 Parabéns!

  3. Sua resenha sintetizou tudo que pensei ao ver o trailer! Não sou muito fã da Jennifer Lawrence e, como você comentou, acredito que ela sempre mantém a mesma atuação independente do papel. Desde que ela interpretou a Katniss – que, por si só, já é insuportavelmente chata – eu não consigo ver dedicação e avanço em seu trabalho. 🙁

    Quanto ao Chris, parece que ele também mantém esse fluxo de “engraçadão” em todos os papéis (até mesmo em Jurassic World), não acho que ele encaixaria, por exemplo, em um drama, mas posso estar enganada, claro.

    Por fim, fico triste em pensar que uma ideia potencialmente boa de ficção científica/suspense acabou, mais uma vez, se transformando em um romance away. Porémmm, acredito que ainda irei assistir ao filme, para poder julgar melhor. hahaha

    Beijos,
    https://victoriafelet.blogspot.com.br/

  4. Definitivamente, como você apontou, Passageiro está longe de ser um filme de ficção-científica.

    Mas também vejo o filme muito longe de ser um drama. O filme, a partir do segundo arco, entrega uma comédia romântica com um desenvolvimento bem padrão.

    Já no terceiro arco, na minha opinião, o filme se perde completamente e tenta de forma rasa adicionar uma resolução no melhor estilo “salvação da pátria”. Que, diga-se de passagem, não faz o menor sentido com a desenvolvimento da personagem da Jennifer.

    O primeiro arco do filme ou primeira parte é a melhor parte. Chris Pratt, ao meu ver, conseguiu superar as expectativas e, graças a sua atuação, prometer algo muito melhor do que o filme entrega. Jennifer teve uma atuação dentro dos padrões, nada abaixo ou acima, na média.

    Esse filme além do problema de roteiro, tem um sério problema de direção. Algumas reações foram muito exageradas, não fazendo o menor sentido no contexto que foram inseridas.

    Definitivamente, não é um filme ruim. Ele entretem do começo ao fim, mas tem tantos erros que se questionados, mostram todos os furos do roteiro.

    A sua nota retrata bem o que filme é. Médio.

  5. Eu tenho um milhão de filmes para assistir, que não são aqueles que vão lançar esse ano e foram lançados, como o caso de Passageiros, mas do ano passado também.
    Apesar da sua resenha e nota, quero muito ver os dois em ação. O trailer passa pra mim um “q” de romance mesmo, então acho que vou gostar.
    Beijos!

  6. Eu lembro de você ter comentado muito sobre esse filme no grupo, e eu sinceramente me desanimei total de assistir dele. Romance nesse tipo de história tinha que ser mais um extra do que o ponto principal e, sinceramente, eu já to um pouco enjuriada da cara da Jennifer, pra mim todos os personagens dela seguem uma mesma linha e isso me deixa meio “ah, ok”.
    Não é um filme que eu perderia meu tempo procurando pra assistir, mas se tiver passando na tv por exemplo, acho que eu pararia para ver. rs

    Beijos

  7. Eu tenho um bode muito grande da Jennifer Lawrence, e minha falta de vontade de ver o filme se concentrou toda nela, e justamente por esse ponto que você levantou aqui no post: todas as personagens dela me são meio parecidas, como se atriz funcionasse com apenas uma fórmula de desenvolvimento. E só de o filme ter se confirmado como um romance ao invés de ficção científica, já tô com certeza de que não vou ver mesmo, hahaha.

  8. Amiga falamos tanto sobre esse filme e eu ainda não assisti acredita? Perdi vários lançamentos ahuhauhauhauhauhauhauhauhuah, mas pelo que andei lendo e como nós discutimos vale a pena assistir, né?

    Beijos

  9. Uma pena que seja mais um romance sem aprofundamento. Estamos cheios de filmes assim.
    Eu já havia desistido dele, vou esperar pra assistir em alguma plataforma de streaming. Pelo que tenho lido, acho que não vale o preço do ingresso.
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *