Azul Como Ela Nunca Conheceu – Sil Záfia

Quando existia o Orkut eu tinha um perfil fake e participava de muitas comunidades fakes de escrita. Elas funcionavam da seguinte forma: criávamos tópicos onde publicávamos nossas fanfics e histórias originais por capítulos e os membros da comunidade iam visitando, comentando e nossa, que época incrível <3 Eu sempre amei escrever e ler, mas ter esse fake foi o que intensificou meu amor por esse universo literário!

Lá eu conheci muita gente que trouxe a amizade para a vida real e uma dessas pessoas lindas foi a Silmara, a querida Sil que sempre teve ideias incríveis e hoje tem várias dessas ideias publicadas de verdade.

A Sil é uma autora independente, ou seja, seus livros foram publicados por ela mesmo e gente, isso é tão corajoso que me dá emoção só de pensar. Sabemos que a indústria literária brasileira é muito problemática no quesito de oportunidades para os novos autores. É muito mais lucrativo traduzir um livro estrangeiro pra cá, do que conceder a chance para quem está começando. Mas as coisas mudaram.

Hoje a auto publicação é uma realidade frequente entre os autores iniciantes que não se intimidam com a montanha enorme que tem que escalar até o reconhecimento. Hoje temos o Wattpad super popular dando espaço para que histórias novas sejam conhecidas e a Amazon onde essas histórias podem ser vendidas, abrindo as portas para quem quiser se jogar na carreira autoral.

Bem, não podia falar do livro sem fazer essa introdução mais crítica sobre ser autora nacional independente, pois admiro muito a Sil e quero que vocês reconheçam o trabalho dela por completo <3

Azul como ela Nunca conheceu: sobre o que fala?

O livro é ambientado no século XVIII e conta a história de Isabella uma garota que tem sua vida virada ao avesso quando seu pai, um homem viciado em jogos, a aposta em uma mesa de bar e perde para um homem totalmente desconhecido. Esse homem misterioso tem um segredo tão perturbador que pode a mandar para o inferno.

Esse foi o meu primeiro livro de época e quando comecei a ler fiquei com muito medo. Sei muito bem que as mulheres em séculos passados eram totalmente privadas de direitos e estavam sempre a mercê do patriarcado e os livros que se ambientam em um contexto assim são verdadeiros desafios, pois sabemos que por mais revolucionária que a mocinha queira ser, tudo ao seu redor a impede de ter sucesso nesse sentido.

A protagonista de Azul como ela nunca conheceu é uma garota treinada para ser uma excelente esposa e a aflição de ver o mundo dela desmoronar logo na noite de núpcias foi um choque. Esse livro nos causa uma onda de emoções, ficamos exatamente na posição da Isabella, sem saber quais serão os próximos passos do homem misterioso, sem saber o que ele faz ali ou para quê veio.

Como é o ritmo da história?

Eu gostei muito do começo, a forma que tudo foi apresentado me deixou envolvida com a trama. E exatamente por isso, me desesperei quando vi que na metade do livro as coisas começaram a ir rápido e ele já acabaria. Nada dói mais que uma história boa terminar logo e esse foi o ponto que me deixou chateada com a Sil: mulheeeer escreve logo tudo em um livro só, como vou aguentar sem a continuação?

Bem, mas calma! Como já tem a continuação acalmei meu coração e decidi me deleitar com a leitura sem preocupações posteriores e foi minha melhor decisão, a leitura é muito rápida gente, é envolvente de verdade e chegou a me deixar com borboletinhas dando reviravoltas no estômago. Falo sério!

Para quem é indicado?

Para quem gosta de romance de época ou de histórias com sobrenatural. Eu sempre gostei de histórias sobrenaturais e consegui me adaptar ao contexto de romance de época apesar de estranhar bastante. Mas se você já é acostumado e gosto desse estilo, você vai adorar!

Azul como ela nunca conheceu, também está no Wattpad e você pode conferir por lá, gratuitamente, seguindo esse link❤ Também podem conhecer os outros livros da Sil, pelo Instagram dela ❤ Espero que tenham gostado da indicação de hoje 😘

6 Comments

  1. Eu também como você sempre fui apaixonada por leitura e escrita, mais nunca me dediquei inteiramente a isso até criar o blog e me especializar mais nisso rs, um dos meus sonhos (quase impossiveis diria) e lançar um livro e você super me deu umas ideias de como lançar isso!! haha

    eu também acho incrivel quem lança livro idependente, muita sorte pra essa autora <3

  2. Olá linda, tudo bem?

    Apesar de não ler muitos livros desse estilo, achei esse bem interessante, acho que se eu pegar pra ler vou gostar e vou ficar presa nele hahaha!!

    Beijosss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *